Últimas Notícias
Solução

Cevada reduz gastos na alimentação de vacas leiteiras

25/04/2017 | Por Tábata Alexandroni

Com grãos como milho e soja com os preços em alta no ano passado, os produtores de leite encontraram uma solução para complementar a alimentação das vacas leiteiras: o resíduo da cevada, usada na produção de cerveja.

De acordo com pesquisa do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea/Esalq), os valores do concentrado somam 40% dos gastos na criação de vacas leiteiras, assim, se os custos aumentarem muito a produção fica inviável. 

Usando a cevada para complementar a presença de outros grãos na ração os produtores conseguiram economizar sem perder a qualidade do leite.  Como a cevada vem úmida, também ajuda na digestão dos outros componentes mais secos da ração, fazendo sucesso entre as vacas.

Como a cevada não é fermentada, não é um produto alcoólico e é seguro para a alimentação dos animais. Mas não é indicado que se substitua completamente os outros grãos oferecidos pela cevada, nesse caso as vacas teriam grande deficiência de proteína.

Antes de optar por acrescentar a cevada na dieta é importante verificar o preço dela na região e o frete. Os custos não devem superar os preços do farelo de soja, milho e da polpa cítrica, por exemplo, para ser vantajoso.

O retorno do animal em produção de leite também deve ser verificado para garantir que a quantidade produzida se mantenha. Se houver redução dos litros produzidos é preciso fazer a conta considerando os lucros finais com a venda do leite para ver se a economia na ração realmente compensa. Com informações do Globo Rural.